Contos e Crônicas

Sem Título

08:30:00

Ela não sabia o que fazer, tudo aquilo era diferente demais..estranho demais.



Em poucos dias sua vida tinha virado de cabeça pra baixo e ela estava ali onde nunca imaginou que estaria, fazendo o que nunca pensou que faria, bem na verdade ela já havia pensado sim, mas sempre negou tão firmemente que chegou a acreditar nas próprias mentiras.



Ah e por falar em mentiras, quantas e tantas estavam tomando seus dias...e ela que sempre odiou mentir, não conseguia mais ser honesta com qualquer um. Sentia um misto de medo e insegurança, tudo a mesma coisa que somado aos seus devaneios pareciam imensas tempestades, furacões de informações antes desconhecidas.


A única verdade que ainda se sustentava era a de que queria mais que tudo ser feliz, queria tanto e sempre quis, foi feliz por um tempo, mas desde que deixou de ser voltar parecia quase impossível.


Ah! Também lhe restavam questionamentos,e dentre tantos eles:

'Quando aquilo tudo teria um fim?'.


Resolveu que ia sorrir mais, ser mais leve..mas era tão difícil, porque ela não é assim.


A menina é intensa, a menina quer sorrir quando tiver vontade e ficar calada e emburrada quando não estiver bem, dizer que seria desencanada era o mesmo que dizer VOU MENTIR PRA VOCÊ TODOS OS DIAS E DIZER QUE NÃO ME IMPORTO.


Assim, sem muito pensar foi vivendo..mentindo dia após dia e afirmando não se importar com isso ou com aquilo, afirmando não se importar com você e de tanto mentir pra sí mesma acabou deixando de lado o que era tão importante, acabou realmente deixando de dar certas importâncias.


Se isso era bom ou ruim..apenas o tempo iria responder.

Mais textão desse tipo:

0 Comentários