Contos e Crônicas

Tarde de outubro

22:27:00


Não era uma dessas tardes normais, e ela sentia que aquele dia seria diferente dos últimos meses.
Era tarde de outubro e as horas não queriam passar, o tempo parecia ter se perdido em meio há tantos pensamentos e talvez, até na ausência deles. E então o que ela menos desejou que acontecesse, aconteceu: o fim. E então a confirmação, era uma tarde de outubro decisiva, mas a menina não queria aceitar o fim que nunca planejou e então ela pegou suas coisas e foi embora sem querer nem se quer olhar pra trás.

No coração da menina aquelas frases ainda ecoavam 
"Tudo se foi, nada restou pra mim..." 

E eu te digo menina, é uma pena que o ser humano seja tão falho, uma pena que seu orgulho imponha tantas limitações.
E pra finalizar, menina fique o que restou de todo o fim e aprenda, e entenda que somente o tempo pode curar tudo o que se foi, que somente o tempo vai curar e se for, tudo vai passar.

Depois daquela tarde de outubro, de fato os dias passavam mais devagar e no coração da menina restavam apenas esperanças de que um dia o tempo poderia curar tantas coisas já passadas.. 


Post inspirado e adaptado na música
"TARDE DE OUTUBRO" do Cpm 22 - Assista o Clipe 


Você pode gostar também de:

6 Comentários

  1. menina boba, seus dias passarão mais devagar agora, se resolvesse largar o orgulho e tentasse de verdade nada disso teria acontecido! hehe

    ResponderExcluir
  2. Linda menina, seus olhos podem brilhar sem mentiras, sem ter que doar sua pureza, seu sonhos de amor... É linda menina, o ser humano realmente é muito falho e é por isso que estamos em construção e o tempo... ah o tempo, esse grande aliado se usado a nosso favor amadureceremos e nos tornaremos cada vez melhores, cada vez mais perto da perfeição, porém sem esquecer que pra ser homem tem que ter a grandeza de um menino, para ser perfeito é necessário guardar em nós o olhar e a pureza da criança, da menina que ainda tem a coragem de olhar abaixar a cabeça e dizer.... E agora? Tudo se foi... Mas que esquece levanta a cabeça e toma atitude de gente grande para crescer com os desafios.

    É esse o processo de nossa eterna aprendizagem, sermos colocados em desequilibrio para que na busca do equilibrio possamos crescer e aprender.

    ResponderExcluir
  3. Depois daquele outubro, a gente aprendeu a ser gente. Como sempre, adorei seus pensamentos. ♥

    ResponderExcluir
  4. Obrigada de coração a todos vocês pelos comentários, eles são complemento diário para minhas cronicas e contos, para meus pensamentos.

    E se essa menina, é a menina da minha imaginação ouvisse tudo o que dizem dela, ela agradeceria! :D

    ResponderExcluir
  5. O tempo não cura nada, ele adia e camufla algumas dores, apenas. Dia desses haverá outra tarde para definir à menina o que é necessário ou não, ea saberá o que fazer.
    Sentia falta dos textos <3

    ResponderExcluir